queda dos fios da barba

Queda dos fios da barba: é normal cair fios da barba?

[uam_ad id="1008"]

E aí barbudo, a queda de fios da barba está fazendo você perder os cabelos? (trocadilho intencional =)
“É normal cair os fios da barba?”; “Quanto é o normal cair?”; “Eles nascem novamente?” – Estas são dúvidas muito comums e resolvemos esclarecer pra você barbudo! Descubra mais sobre a queda dos fios da barba e qual a quantidade normal da perda dos fios da barba.barba caindo

 É normal a queda dos fios da barba?

De modo geral, é normal. Embora a quantidade possa parecer muito alta (talvez seja, mas vou deixar você tirar suas próprias conclusões daqui há pouco), um adulto saudável tem mais fios de barba crescendo semanalmente do que fios caindo o que acaba mais do que compensando.

O quanto é normal?

Os barbudos possuem entre 10mil e 30mil fios de barba no rosto (no caso de uma barba cheia). O ciclo de vida dos fios é de aproximadamente 36 meses e mensalmente caem aproximadamente 400 fios de barba, o que deve dá aproximadamente 13 fios por dia. Obviamente, esse número pode variar bastante de indivíduo para indivíduo.
O banho, é um momento que você pode observar uma queda maior dos fios.

Em que momento cai mais?

Estes fios caem naturalmente até porque esse ciclo é necessário para dar lugar à fios novos e saudáveis, porém com o atrito da lavagem é normal que os fios que estejam mais próximos da queda se soltem e até mesmo fios que já se desprenderam do bulbo capilar caiam neste momento, fazendo parecer que caíram com a lavagem.
Uma dica bacana é não utilizar a unha para esfregar e lavar os fios, o ideal é utilizar os dedos para massagear e lavar a barba ao invés de raspar.

Quais são as possível outras causas?possíveis causas da queda da barba

Além da causa natural da queda dos fios da barba, é necessário observar caso esteja perdendo mais que a média citada acima (procure um dermatologista caso note uma perda excessiva).
Existem vários outros motivos que potencializam a perda em excesso dos fios, que podem estar relacionadas à vários outros fatores:

Estresse: A queda dos fios por estresse é real e comprovada cientificamente. Durante os períodos de estresse o organismo libera uma substancia que aumenta a produção de estriol, que por sua vez bloqueia a entrada de nutrientes na região capilar causando um término prematuro da fase de crescimento, enfraquecendo os fios pela falta de nutrientes e por fim levando aos casos de queda.

Alopécia: Existem dois tipos de queda: a difusa – que é a comum, quando encontramos fios perdidos pela casa; e tem a alopecia areata, que é quando a pessoa fica com placas totalmente sem fios. Essa é uma causa mais autoimune e tem um gatilho que ocasiona a doença. Nos homens ocorrer também na perda da barba.Geralmente o maior sintoma é a perda dos fios, mas em alguns outros casos, os sintomas podem ser coceira, queimação e até alguma alteração na superfície das unhas. Saiba mais sobre essa doença e suas formas de diagnóstico e tratamento aqui.

Oleosidade: Outro fator que pode ocasionar a queda é a oleosidade. Muitos argumentam que não lavam a barba com frequência para evitar a perda e a queda, quando na verdade deveria ser o contrário. A oleosidade aumenta o problema. A oleosidade obstrui os folículos capilares da barba. que dificulta a nutrição da raiz dos fios.
A higiene e o cuidado diário com a barba é essencial para evitar esse tipo de problema. Uma curiosidade: o óleo para barba na verdade pode ajudar a equilibrar a oleosidade da pele. Veja aqui o porque.

Tínea – A tinha, nome do vilão, é bastante rara, ocasiona uma perda completa dos fios da região. Exames bacteriológicos confirmam a presença dos fungos e bactérias da natureza da doença. Aparece em homens adultos e adolescentes, na área da barba do pescoço e rosto. Pode ser do tipo inflamatório, a mais comum, provocada por contato com animais, como gatos, cavalos e cães, dentro outros. É uma infecção mais grave e profunda.

Dieta não balanceada – Uma alimentação com poucos nutrientes como proteínas, vitamina A, vitamina E, sódio, ferro e ácido fólico, contribui para a queda não só dos fios da barba, mas também do cabelo. Alguns desses nutrientes compõem a estrutura dos fios, e outros auxiliam na manutenção das células. Existem alimentos que podem ajudar a fortalecer e evitar a queda dos fios da barba.

Genética– Pode ser que algum fator genético contribua para a queda dos fios. Aí não há muito que se fazer. Acontece devido a estimulação dos folículos pilosos por hormônios masculinos, principalmente testosterona, que é produzido na adolescência. Quando eles atingem o couro cabeludo ou os fios da barba de uma pessoa com tendência para a queda, promove uma diminuição do ciclo de crescimento destes, tornando-os menores e mais finos. E esse processo acontece até a interrupção do crescimento. Você mesmo pode fazer um teste para saber se a queda dos fios da barba é questão genética ou temporária. Normalmente, um exame de sangue mostra esse tipo de informação.

Gostou do nosso post de hoje barbudo? Compartilhe nas suas redes sociais e ajude outros brothers também!

[uam_ad id="1012"]

Newsletter