motoqueiros

Música para motoqueiros, conheça os clássicos.

As motos sempre foram associadas a liberdade. E, ao longo das últimas décadas, algumas canções inspiraram ou se tornaram a trilha sonora das aventuras vividas por vários motoqueiros.

Desde os primórdios do rock, passando pela psicodelia dos anos 60 e o hard rock dos 70, vamos listar algumas das músicas mais emblemáticas para se ouvir sobre duas rodas. Confira!

Born to be wild — Steppenwolf (1969)

Talvez a primeira que venha à cabeça, muito pelo fato fazer parte da trilha sonora do clássico filme Easy Rider, onde Dennis Hopper e Peter Fonda desbravavam os Estados Unidos com suas estradeiras. A banda hoje se resume ao carismático John Kay, vocalista desde 1967.

One Bourbon, one scotch, one beer — John Lee Hooker (1966)

Esse blues acelerado, lançado primeiramente por Amos Milburn em 1953, ganharia a sua versão mais celebrada com o genial guitarrista John Lee Hooker. Tem ritmo convidativo e envolvente, citando garotas, whisky e diversão — por isso combina tanto com motos.

Proud Mary — Creedence Clearwater Revival (1969)

https://www.youtube.com/watch?v=ngPXQDIgWQs

Uma da músicas mais regravadas de todos os tempos foi a afirmação do enorme sucesso do CCR no fim dos anos 60. Seu líder e compositor, John Fogerty, escreveu alguns outros clássicos do rock, mas até hoje toca Proud Mary em seus shows.

Slow Ride — Foghat (1975)

Esse clássico envenenado aparece no quinto álbum da banda inglesa, Fool for the city. Com seus slides afiados que lembram sons de motores, na versão de estúdio já tem mais de oito minutos de duração. Mas em shows, a banda costumava esticar a canção para até quinze minutos

Free Bird — Lynyrd Skynyrd (1973)

Com suas três guitarras e mais de onze minutos de solos inesquecíveis, sem dúvidas é um dos maiores clássicos do rock. Executada ao vivo em praticamente todo os shows da banda, era dedicada nos concertos ao guitarrista Duane Allman, uma fanático por motos.

Tush — ZZTop (1975)

Esses três barbudos vindos do Texas demonstraram todo o respeito pelo blues americano quando lançaram essa pérola do disco Fandango! Apesar de curta, com pouco mais de dois minutos de duração, já mostrava toda a energia e malandragem do trio.

Smoke on the water — Deep purple (1972)

O que dizer de um dos riffs de guitarra mais famosos da história? Apenas sente-se em sua moto, escolha o destino e curta na íntegra o disco no qual ela foi lançada, Machine Head.

Highway to hell — AC/DC (1978)

Uma das mais bem-sucedidas e adoradas bandas do mundo não poderia ficar de fora dessa lista, que traz mais uma vez a furiosa combustão da guitarra de Angus Young com a voz de Bon Scott. E ainda tem esse título, que é bastante propício.

Bad to the bone — George Thorogood and the destroyers (1982)

Esse pupilo de John Lee Hooker lançou esse petardo com slides ao estilo do mestre e com letra bem bacana, que lembra bares, sinuca e, claro, motos. Por isso, tinha que estar aqui!

You could be mine — Guns N’ Roses (1991)

Uma banda que revitalizou o rock nos anos 80 e fez grande sucesso com essa música, que faz parte da trilha de O exterminador do futuro 2, com Arnold Schwarzenegger pilotando uma Fat Boy.

Gostou das nossas dicas de clássicos do rock para embalar motoqueiros? Se gostou de nossa lista, compartilhe nas redes sociais!

Newsletter