como tratar caspa na barba

Caspa na barba: como evitar e tratar este problema

[uam_ad id="1008"]

A barba voltou com tudo como um elemento que dá mais estilo e seriedade ao homem. Porém, mantê-la bonita — e, principalmente, saudável — não é uma tarefa tão fácil. E um dos principais problemas enfrentados pelos barbudos de plantão são as dermatites faciais, que geralmente chegam acompanhadas de irritação na pele, causando alergias e coceiras, e a temida caspa na barba.

Assim como acontece com o couro cabeludo, cílios e sobrancelhas, a caspa na barba incomoda pelo aspecto e aparência que causam, muitas vezes dando um ar de desleixo e até de falta de higiene — o que, convenhamos, não é sua causa. Portanto, para entender melhor o que provoca a caspa na barba e como tratá-la, continue lendo este post!

O que causa a caspa na barba?
caspa-na-barba

Normalmente, a caspa na barba pode surgir por três motivos básicos:

Predisposição genética

Não existe uma explicação científica que afirme os reais fatores que determinam se uma pessoa terá ou não caspa. Acredita-se, no entanto, que as dermatites seborreias estejam ligadas a fatores genéticos. Geralmente, para quem possui essa predisposição, as caspas aparecem ou pioram dependendo do seu estado emocional — em períodos de grande estresse ou estafa emocional, a caspa piora.

Por isso, se esse for seu caso, é essencial que você tenha uma atenção redobrada aos cuidados diários com a sua barba. Em alguns casos, a pele pode ficar tão irritada e com excesso de descamação que a única alternativa é raspar a barba e manter-se sem os pelos até a pele se recuperar totalmente — por isso, vamos tentar evitar que isso ocorra com as dicas abaixo.

Pele seca

Uma pele seca ou ressecada costuma descamar com mais facilidade; acrescente a isso o excesso de pelo concentrado em uma determinada área — o resultado? Caspa. Por esse motivo, se você quer se manter barbado é fundamental hidratar bem a pele do rosto.

O uso de sabonetes faciais específicos e óleo para barba deve fazer parte da sua rotina diária. Somente dessa maneira você conseguirá manter a pele equilibrada, evitando, assim, a descamação e a caspa na barba.

Desidratação dos pelos

Se dissemos, no tópico anterior, que é fundamental hidratar a pele, o mesmo vale para os pelos da barba. Eles são mais grossos e secos do que os fios do cabelo, logo, se você pretende manter uma barba longa e cheia precisa começar a hidratar esses fios.

Você precisa equilibrar e mantê-los igualmente hidratados: pelos e pele. Dessa forma, sua barba não apenas ficará longe de caspa e demais dermatites, mas também ficará mais macia e sedosa.

Como prevenir a capa na barba?
Esfoliando a pele

Como vimos, o primeiro passo é a hidratação, tanto da pele quanto dos pelos da barba — isso deve ser feito de uma à duas vezes ao dia. Além disso, é essencial que você procure usar produtos como shampoo e óleos específicos para barba.

Procure também fazer uma esfoliação na pele duas vezes por semana. Ela ajuda a remover as células mortas com mais eficácia, e garante a prevenção e remoção de pelos encravados.

Lave sempre a barba após as refeições para evitar que restos de alimentos se acumulem nos pelos — mantê-la higienizada é essencial. Enxágue bem a barba para remover todo o resíduo do produto usado na higienização. Por fim, nunca deixe a barba molhada ou úmida: isso facilita a proliferação de fungos e bactérias, podendo causar dermatites que provocam caspas.

O que é preciso evitar?

caspa na barba evitar e tratarNão vai querer deixa-la assim né, champs?

Evite o uso de produtos para cabelo na sua barba. O couro cabeludo é muito mais oleoso do que a pele do rosto e geralmente os produtos para cabelo são desenvolvidos para combater agressivamente esta oleosidade, portanto se utilizar produtos para o cabelo no rosto pode acabar com a pele e fios ressecados.

Também procure evitar passar as mãos o tempo todo na barba — as mãos são os maiores meios de transporte de fungos e bactérias. Por fim, não compartilhe produtos de higiene e aparelhos de barbear com outras pessoas, para evitar mas microrganismos que possam causar dermatites e outras doenças.

Se você já fez tudo o que indicamos acima e o problema ainda persiste, recomendamos procurar um dermatologista que poderá ajudar a identificar a causa e um tratamento mais específico para o seu caso.

Você já sofreu ou sofre com caspa na barba? Tem mais alguma dúvida ou quer compartilhar alguma outra dica? Não perca tempo e deixe seu comentário!

[uam_ad id="1012"]

Newsletter