Como fazer trilha: conheça as nossas dicas de cuidados e lugares!

Olá, barbudo! O artigo de hoje é para você que está a fim de fazer um trekking, mas ainda não tem muita experiência com a prática. Graças à sua fauna e flora incríveis, o Brasil é um país propício para quem gosta de se aventurar na natureza. Então, é comum que muitas pessoas queiram saber como fazer trilha da maneira correta e conhecer os melhores picos.

De início, a prática do trekking parece bastante simples. Afinal, basta caminhar, correto? Não! Uma coisa é você andar umas quadras na sua cidade e outra é pegar uma trilha em meio à mata. Você precisa se planejar para que essa atividade se torne prazerosa, e não um problema.

Quer conhecer os benefícios, cuidados e lugares para uma trilha de responsa? Continue a leitura e confira!

Quais são os principais benefícios dessa prática?

Se você ainda tem alguma dúvida sobre fazer trilhas, saiba agora por que elas vão fazer muito bem!

É bom para a sua saúde

O ser humano nasceu para se movimentar. Se você é desses que fica sentado o dia todo no trabalho, chega em casa, assiste TV e vai dormir, saiba que isso pode gerar problemas para a sua saúde. Fazer uma caminhada é uma excelente opção, pois, em geral, todos podem praticar — e nada melhor do que caminhar na natureza.

Traz paz à sua cabeça

Quem vive na cidade sabe o estresse que é ficar preso no trânsito, ouvir o som das obras ou das buzinas o dia inteiro, olhar pela janela e só ver prédios cinzas, entre outras questões. Portanto, para dar um respiro à sua mente, o trekking é ideal.

Coloca você em sintonia com a natureza

Às vezes, precisamos nos lembrar o que realmente importa nessa vida e deixar as coisas banais de lado por uns instantes. Quando você está em uma floresta, campo ou praia paradisíaca, a única coisa que importa naquele momento é a beleza natural das coisas.

Quais cuidados você deve tomar ao fazer uma trilha?

Agora que você está decidido a começar, não se esqueça das devidas precauções! Veja só:

Certifique-se de que está levando água e comida suficientes

Nessas horas, é fundamental se planejar para saber a quantidade de comida e bebida que você deve levar, pesquisando a distância e o tempo que levará para completar a trilha.

Aposte em alimentos fáceis de serem carregados e que reponham as suas energias, como frutas e barras de cereais. Nem pense em fazer um churrascão com a galera — esse não é o momento apropriado.

Vá acompanhado de um guia ou alguém experiente

Deixar esse cuidado de lado é um dos piores erros que você pode cometer. Mesmo que conheça o local, não é aconselhável fazer trilha sozinho. Caso seja a sua primeira vez, busque alguém com bastante experiência para guiar você nessa aventura.

Escolha uma roupa apropriada

A escolha da roupa certa evita que você passe por alguns sofrimentos durante a trilha. Em geral, escolha:

  • roupas com tecidos leves e proteção UV;
  • tênis resistente, antiderrapante e confortável;
  • jaqueta impermeável;
  • boné.

Lembre-se também do que já dizia Pedro Bial: use filtro solar!

Esteja com o condicionamento físico em dia

Esse é um conselho muito importante, caro barbudo: esteja preparado fisicamente! Por isso, exercite-se antes de encarar uma trilha que tenha um nível de dificuldade médio ou alto. Fazer um checkup geral também é uma boa ideia.

Vá em um ritmo confortável, sem forçar a barra. Você pode também levar um bastão de caminhada para tirar um pouco do esforço da perna, especialmente nas subidas.

Leve um kit de primeiros socorros

A gente nunca sabe o que pode acontecer no meio do caminho, não é mesmo? Então, prevenção nunca é demais. O kit de primeiros socorros é essencial para ferimentos leves ou para dar início aos casos de emergências até que a vítima seja levada ao hospital.

Tenha um mapa ou GPS

Até os mais experientes estão sujeitos a errar. Qualquer pequeno desvio no caminho pode se transformar em um problema maior. Sendo assim, leve um GPS em sua mochila e também um mapa, caso o equipamento apresente algum defeito.

Não se esqueça da lanterna

Mesmo que o trekking seja curto e você não planeje acampar, é prudente levar uma lanterna. Caso você não consiga encontrar o caminho com o auxílio do GPS e tenha que passar a noite na floresta, pode ter certeza de que a lanterna fará muita diferença.

Quais são os pontos mais indicados para trilhas?

Com tudo pronto para a aventura, separamos as melhores opções para aventurar-se pelo Brasil!

Chapada dos Veadeiros

Se você mora em Goiás, é provável que conheça ou já tenha ouvido falar na Chapada dos Veadeiros. O local é um prato cheio para quem procura belas paisagens naturais, com cavernas, cânions e cachoeiras. O percurso é pago, leva cerca de 2 horas e é feito com um guia.

Uma das maiores atrações é a Cachoeira Santa Bárbara. Além de sua imponência, a água é cristalina e seu fundo é coberto por uma areia branca, deixando-a ainda mais bela.

Pedra da Macela

Quem é de São Paulo também pode curtir a natureza sem precisar viajar para muito longe. A Pedra da Macela tem uma trilha com cerca de 2 km — o que não é muito, mas fique ciente de que você vai encarar uma boa subida. Mas não desanime, amigo! A vista que você terá do alto da pedra é magnífica. Vale muito a pena!

Praia de Naufragados

Agora, se você curte uma praia, vai gostar dessa opção. A trilha da Praia de Naufragados fica situada em Florianópolis e é perfeita para quem é iniciante no trekking. O percurso dura em torno de 50 minutos e não há grandes dificuldades ao longo do caminho. Só tome cuidado para não escorregar e torcer o pé, pois existem alguns riachos que cortam a trilha.

Monte Roraima

O Monte Roraima é um caso à parte nesta lista. Aqui, você precisa estar muito preparado para encarar a aventura. O motivo é que demora cerca de uma semana para completar o percurso. Você não leu errado, é longo mesmo. Portanto, nesse caso, é fundamental contratar uma agência com um guia local.

Esse monte está localizado na tríplice fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana Inglesa. Por ser famoso internacionalmente, caso você encare o desafio, encontrará pessoas de diferentes países no trajeto.

Viu só como fazer trilha não é tão simples assim? Mas isso não significa que seja difícil. Basta se planejar e tomar alguns cuidados para que você possa curtir o trekking sem nenhum problema.

Está curtindo nossos conteúdos? Então, assine nossa newsletter e receba as notificações assim que rolar um artigo novo aqui no blog!

Assine a nossa newsletter

Receba posts como este direto no seu email quinzenalmente!

Você foi cadastrado com sucesso. Beard on!

Newsletter

Nas Redes Sociais

Assine nossa newsletter!

Assine nossa newsletter!

Cadastre-se para receber dicas de como cuidar da sua barba!

Você foi cadastrado com sucesso. Beard on!