barbudos do futebol

Conheça 5 barbudos do futebol

Homens que fazem questão de cultivar uma bela barba estão por toda parte. E, hoje em dia, vemos até os barbudos do futebol: aliás, a barba está em alta entre os jogadores.

Com tipos diversos, os pelos faciais são uma tendência que vem para ficar. Além de bonita e estilosa, a barba pode ter outras vantagens: deixar um homem com uma aparência mais madura e até mesmo passar maior credibilidade às pessoas ao seu redor.

Se você também é adepto a ela, listamos abaixo cinco barbudos do futebol para você se inspirar.

Barbudos do futebol que você respeita

1. David Moscardelli

O importante atacante das ligas italianas ficou famoso não por seus lances em campo, mas também devido à sua barba estilosa.

Os fios longos e encorpados tornaram-se a marca registrada do craque na web após registros de suas ações em campo caírem no Youtube. Entretanto, nem mesmo ela é capaz de ofuscar sua atuação, comemorada pelos fãs. Hoje em dia, joga pelo Lecce, um importante time italiano.

2. Gerard Piqué

O zagueiro espanhol também adota o estilo “barba em forma” há anos. Embora já tenha existido até uma espécie de “campanha” na internet para que o astro fizesse a barba, ele continua firme e forte com o visual.

Sua história com o futebol começou no Barcelona, em 1997. Foi lá que ele atuou até 2004, quando foi contratado pelo Manchester United. E como “o bom filho sempre à casa torna”, voltou para o Barcelona alguns anos mais tarde.

Dessa vez, entrou no time pela porta da frente, na equipe principal, e participou da vitória de alguns campeonatos como La Liga, Liga dos Campeões (que ele havia vencido no Manchester United no ano anterior) e Copa do Rei.

Seu primeiro troféu também chegou através do Barcelona, em 2009. Tanto sucesso lhe rendeu a renovação do contrato com o time até 2015. O documento envolvia até uma cláusula que impunha uma multa milionária em caso de rescisão.

Em 2010, já havia participado de 100 jogos. Em 2012, eram 200. Na Seleção Espanhola, ajudou seu país a se classificar para a Copa do Mundo de 2010. E também estava em campo quando a Espanha conquistou a vitória na Copa, após muito “sufoco”, na prorrogação. A nível de curiosidade, foi exatamente nessa Copa que o craque conheceu a cantora Shakira, com quem foi casado por sete anos e teve dois filhos.

Na Eurocopa de 2012, viu a Espanha tornar-se bicampeã e também estava presente na Copa de 2014, onde sua equipe não foi muito feliz, sendo eliminada ainda na primeira fase. Como se pode ver, sua trajetória no futebol envolve títulos e troféus. Também já participou de algumas campanhas publicitárias. Há boatos de que talvez se aposente em 2018, após a Copa.

Fofocas à parte, Piqué segue firme com a sua barba. E, afinal, por que deveria raspá-la? Como diz o velho ditado, em time que está ganhando não se mexe.

3. Alexi Lallas

Embora o craque já esteja “aposentado”, os fãs jamais se esqueceram do seu jeito meio maluco em campo. O zagueiro americano tornou-se conhecido na Copa de 1994, pelo futebol e pela cabeleira e barba ruivas.

Mas a sua trajetória começou algum tempo antes disso, em 1990, quando enfrentou a Seleção Canadense. Seu currículo também envolve Jogos Panamericanos e Olimpíadas.

Essa fama lhe rendeu a chance de atuar na primeira divisão italiana por algum tempo e, anos mais tarde, chegou a ser presidente do Los Angeles Galaxy, e ajudou o time a conquistar alguns títulos. O que pouca gente sabe é que o astro canta rock e tem um irmão que é locutor esportivo.

Viu só como a história de um barbudo no futebol pode ser inspiradora para muita gente?

4. Juan Mata

O craque Juan Mata chama a atenção por sua barba cheia de estilo. Ele é uma prova de que o glamour no futebol se destina muito mais aos barbudos do que aos adeptos ao rostinho de bebê. Não é a toa que a sua barba ganhou o respeito da mídia e a admiração dos fãs.

O meia espanhol joga atualmente pelo Manchester United. Ele começou a carreira quando tinha apenas 19 anos e, um ano mais tarde, estava presente quando a seleção do seu país conseguiu seu primeiro título mundial, na África do Sul.

Entrou para o Chelsea em 2011 e, três dias depois, já havia marcado seu primeiro gol pelo time. Mata é um dos únicos jogadores do mundo que reúne títulos como o da Copa 2010, Eurocopa 2012, Liga dos Campeões da UEFA 2011-12 e Liga Europa da UEFA 2012-13.

Seu pai também foi jogador de futebol, o que mostra que a paixão pelos campos está no sangue. Seu primeiro time foi o Real Ovieo, onde o pai havia atuado. Ali permaneceu por apenas três anos, ingressando no Real Madrid logo em seguida.

Anos mais tarde, atuando pelo Valencia, marcou gol contra o Real Madrid na Super Copa da Espanha e garantiu a vitória, o que fez com que passasse a ser visto como o melhor jogador do time pelos torcedores.

Durante sua atuação na Seleção Espanhola, fez parte da conquista do título da Eurocopa de 2006 e também da vitória nas eliminatórias da Copa de 2010. Também teve seus momentos de glória na copa de 2014, embora seu país não tenha levado o título.

5. Danilo Fernandes

Parece que a barba trouxe sorte a esse brasileiro. Ele passou de terceiro reserva do Corinthians a titular e referência no Internacional e destaque no Sport.

No Corinthians, atuou de 2008 a 2014, e garantiu a vitória do time sobre o Palmeiras nos pênaltis em outubro de 2010. Em janeiro de 2015, estreou no Sport, sendo considerado o melhor goleiro da temporada pelo público.

Pouco mais de um ano depois, o goleiro Alisson deixava o Internacional para jogar  no Roma, da Itália. Fernandes foi contratado em seu lugar e se destacou no Campeonato Brasileiro de 2016, época em que foi um dos melhores jogadores da equipe. Porém, não conseguiu evitar que o time fosse rebaixado para a série B.

Viu só como os barbudos do futebol estão (e sempre estiveram) com tudo? Se você gostou da nossa lista, inspire-se nesses craques e seja mais um barbudo de sucesso, independentemente da sua profissão. Não esqueça de deixar um comentário abaixo dizendo o que achou do post.

Newsletter