Alopécia na barba: descubra o que é e como tratar

[uam_ad id="1008"]

alopecia-na-barba

Todo cuidado é de extrema importância pra quem quer ter uma barba brava de presença e pra ter isso, alopécia na barba definitivamente não é legal!

Quem adere ao estilo de vida barbudo, tem que ficar atento a vários fatores que influenciam no resultado esperado, como higiene e saúde (não somente física, quanto também a saúde mental).
A longo prazo, o stress constante pode acarretar muitas doenças e incomodos, como por exemplo: a alopécia na barba.

No post de hoje, explicaremos melhor sobre esse problema. Falaremos sobre causas, prevenção e tratamento.

Se interessou? Então continue a leitura!

Do que se trata a alopécia na barba?

duvidas-sobre-alopecia

A alopécia é uma doença que provoca a quebra e perda dos fios. Quem é acometido por ela, sofre com falhas, tanto no couro cabeludo como a barba e outras regiões do corpo.

Esta doença pode estar ligada a fatores genéticos, falhas imunológicas ou também ao stress.
Somente um dermatologista poderá confirmar o que efetivamente desencadeou o problema.

Existem outros sintomas?

Geralmente o maior sintoma é a perda dos fios, mas em alguns outros casos, os sintomas podem ser coceira, queimação e até alguma alteração na superfície das unhas.

Dentre as características que agravam o quadro de alopécia, estão os agravamentos psicológicos, em potencialidade, o stress.

Alopécia na barba tem cura?

Sim! A boa notícia é que a alopécia na barba é uma doença benigna: os folículos capilares continuam vivos e se regeneram constantemente, com tempo e tratamento adequado, os fios e pelos se regeneram e voltam a crescer.

O cuidado com a barba também é essencial: higiene, hidratação e manutenção regulares, fortalecem e deixam os fios muito mais saudáveis, que por consequência elevam a imunidade do barbudo, evitando ficar sucetível a vários tipos de doença.

alopécia na barba

Quais os tratamentos mais indicados?

Uma das possibilidades para o tratamento da alopécia na barba, são aplicações de derivados da cortisona, que podem ser aplicadas diretamente na área afetada. Os intervalos e duração desse tratamento, tem de quatro a seis semanas, dando resultado mais rápido.

Dentre os tratamentos pra alopécia na barba estão as variadas loções que podem ser indicadas para este caso como: o minoxidil, que age restaurando os fios perdidos. A substância presente neste produto é, atualmente, uma das mais utilizadas no mundo.

Nos casos de quem sofre da alopécia devido a fatores emocionais, os médicos costumam indicar tratamento com antidepressivos, que têm apresentado resultados bastante positivos.

Não é recomendado a auto-medicação. Fique sempre atento assim que os sintomas forem notados, não hesite em procurar por ajuda profissional, procure um médico para ter auxílio e tratamento adequado para o seu caso. 😉
Todavia é sempre importante realizar exames periódicos para saber se está tudo bem com a saúde.

Existem métodos de prevenção?

A causa da doença pode ser derivada de muitos fatores, não há como saber sobre a causa do surgimento da alopécia na barba. Alguns cuidados básicos podem prevenir direta e indiretamente essa e tantas outras doenças.

Dentre os cuidados, o  uso regular do shampoo para barba ajuda a desobstruir e higienizar os poros, facilitando o crescimento e saúde dos pelos.
Cuidar da pele também é essencial, fortalece, limpa e evita o ressecamento dos fios e auxiliando em um crescimento mais saudável.
Os óleos  por sua vez, também hidratam e deixam a barba muito mais macia, com uma fragrância agradável, refrescante e um acabamento alinhado.

higienizando a barba

Gostou do nosso post de hoje barbudo? Compartilhe nas suas redes sociais e ajude outros brothers também!

[uam_ad id="1012"]

Newsletter