aparador elétrico

6 erros de quem usa aparador elétrico e como evitá-los

[uam_ad id="1008"]

Como o uso da barba se tornou muito popular, cada vez mais homens têm adotado o visual e tido um cuidado especial com os fios. Tanto que existem inúmeros produtos e barbearias destinados no mercado. E mesmo quem tem a barba mais rente e prefere utilizar o aparador elétrico deve tomar alguns cuidados antes, durante e depois do barbear.

Qual é a melhor maneira de usar e de conservar o aparador elétrico? É o que você vai descobrir neste post. Confira:

1. Usar o modelo errado

Cada tipo de barba pede um tipo de máquina. Algumas são indicadas para aparar as várias alturas que ela pode atingir, enquanto outras são direcionadas para peles mais sensíveis e outras, para detalhes de contorno. Existem ainda os modelos à prova d’água, ideais para quem se barbeia debaixo do chuveiro.

Homens com a pele mais áspera e a barba mais espessa, em geral, se dão melhor com máquinas lineares. Já os aparelhos de cabeça rotativa são recomendados para pelos mais ralos e pele mais sensível, uma vez que aliviam as irritações.

2. Não limpar a barba previamente

Da mesma forma que lavamos o rosto ao usar aparelhos manuais, é fundamental uma boa limpeza antes de usar o aparador elétrico. Lavando a barba com shampoos ou outros produtos específicos, você elimina sujeiras e evita o atrito com o aparelho. Assim você não causa um desgaste excessivo do aparelho.

3. Negligenciar a limpeza e lubrificação do aparelho

Mesmo sendo pequeno, o aparador elétrico precisa de lubrificação e de limpeza regular como qualquer máquina.

De vez em quando, abra o seu aparelho, retire o excesso de pelo acumulado e passe o lubrificante, que quase sempre acompanha a máquina. Aparelhos com pouca lubrificação ou com muita sujeira tendem a um maior desgaste e não proporcionam um barbear suave.

4. Direcionar o corte para o lado errado

Observar a direção do corte é outro fator imprescindível para uma barbear mais suave — e para não estragar o aparelho.

Com as lâminas rotacionais, o mais indicado é fazer movimentos circulares, de acordo com os contornos do rosto. Caso possua máquina com lâminas lineares, o ideal é se barbear no sentido contrário do pelo.

5. Não guardar o aparador elétrico

O lugar mais comum para se guardar o barbeador é no banheiro, pois é lá que nos barbeamos. Mas isso é um erro que pode comprometer a vida útil do equipamento, pois se trata de um ambiente que acumula muita umidade.

Além disso, máquinas mais baratas têm problemas com a oxidação, e lâminas enferrujadas podem trazer sérios danos ao seu rosto. Guarde o aparelho em um local seco, como o guarda-roupa.

6. Não usar pós-barba

Devemos ter cuidado com a pele depois de passar o aparador elétrico. Utilize óleo ou loção pós-barba indicado para o seu tipo de rosto. Apesar de ser menos agressivo, o aparador elétrico pede os mesmos cuidados que um barbeador comum.

Prestando atenção em alguns detalhes, você terá uma barba e um rosto sempre saudáveis, além de um aparador elétrico sempre conservado. E, se gostou das nossas dicas, escreva um comentário!

[uam_ad id="1012"]

Newsletter